Mãe e bebê no chão

blog

Buscar
  • Teresa Mateus

Os desafios para retirar a chucha

Atualizado: Mar 20



Quer se seja defensor do seu uso ou não, parece-me que podemos considerar a chucha uma das grandes invenções, podendo oferecer uma grande ajuda no momento de acalmar a maior parte dos bebés.


O problema da chucha prende-se com os riscos associados ao seu uso, principalmente se for contínuo e/ou a longo prazo. Se no início de vida do bebé a chucha pode comprometer ou dificultar a amamentação, a longo prazo vários têm sido os alertas de profissionais de saúde para as possíveis alterações das estruturas orofaciais, podendo causar problemas ao nível da fala, respiração, mastigação, sucção e deglutição.


Existe então a recomendação para utilizar a chucha de forma moderada e retirá-la por completo o mais cedo possível. A questão é que este adeus à chucha não é vivido pacificamente por todos os bebés, existindo uma grande resistência em largar a chucha por muitos deles.


O que está então em causa? Porque pode ser tão difícil largar a chucha?


Por estar ligado a um reflexo inato - o da sucção - que por si só os ajuda a acalmar, a chucha é um objeto a que muitos bebés se adaptam facilmente e frequentemente os “escolhem” como objetos transitivos.


Como vos falei num post anterior, estes objetos têm uma função extremamente importante e deveriam ser naturalmente largados pela criança apenas quando se tornassem desnecessários.


Acontece que este processo é diferente para cada criança mas em regra pode durar até aos 6 ou 7 anos. Se o objeto for por exemplo um peluche, será mais fácil a criança ter maior liberdade para largá-lo quando estiver preparada para tal, mas no caso da chucha - tendo em conta os riscos inerentes à sua utilização - não é aconselhável que esta seja utilizada até muitos dos bebés/crianças estarem verdadeiramente prontos para a largar. E aqui surge uma das grandes dificuldades pois muitas vezes teremos de retirar a chucha numa altura precoce, numa altura em que é provável que a criança ainda não esteja pronta para largá-la e abdicar da função que ela representa.



5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo